Saúde e bem-estar
Beber uma taça de vinho tinto todos os dias pode fazer muito bem para nossa saúde. Mas lembre-se: sempre com moderação e equilíbrio. Um copinho diário deste presente da natureza e de sabor excelente acompanhará seus pratos e melhorará notavelmente seu bem-estar. Confira a seguir 6 curiosidades sobre o vinho: 1. Vinho faz bem para a saúde Vinho ajuda a circulação sanguínea, isso é fato. Vinho não engorda... Não tão fato assim. Tem gente que supervaloriza, quase como se fosse um remédio, e até usa essa desculpa para beber cada vez mais. Na contramão, há quem abomine, quase sempre se utilizando da desculpa de o vinho ter mais álcool do que qualquer cerveja. Que a verdade seja dita, vinho é uma bebida alcoólica, e como tal tem seus riscos. Mas também traz muitos benefícios à saúde (quando consumido da maneira e na quantidade correta), principalmente graças ao resveratrol, uma substância…
A cãibra nada mais é do que uma contração muscular súbita, involuntária e dolorosa, de caráter transitório. O episódio pode durar menos de um minuto ou uma hora, não há média de tempo. Mas, por mais dolorosa que seja esta contração espasmódica e involuntária de um ou mais músculos, a cãibra não é uma doença. É um sintoma que se manifesta com maior frequência em pessoas que estão praticando atividade física intensa ou nas mais sedentárias. A causa mais comum é uma deficiência local. Com a cãibra, o músculo, cujo trabalho depende de energia - que vem dos alimentos junto com o oxigênio, através da circulação sanguínea -, mostra que está recebendo pouca energia para atender à demanda daquela prática esportiva ou profissional, com movimentos repetitivos ou que está sendo pouco exercitado. Outro fator que pode provocar cãibras é a postura corporal e a condição de força e elasticidade dos…
A BCG é a vacina contra TUBERCULOSE (uma doença infectocontagiosa causada pelo Mycobacterium bovis ou pelo Bacilo de Koch. A tuberculose ataca mais comumente os pulmões, mas pode também causar infecções nos ossos, rins e meninges (as membranas que envolvem o cérebro). A vacina é aplicada via intradérmica (essa via de aplicação é usada em pequenos volumes, superficial a pele, com uma agulha bem fina). Quem deve tomar essa vacina? Pessoas com qualquer idade podem ser vacinadas. A aplicação dessa vacina é obrigatória para todas as crianças. Indicada acima de 2kg. Sua aplicação é realizada logo após o nascimento, se caso e isso não for possível, deve ser ministrada após no máximo o primeiro mês de vida. Em locais com alta prevalência da doença será administrada também em crianças de 6 e 7 anos de idade, por ocasião da entrada na escola, caso não tenham registro de esquema vacinal completo…
Basta que a temperatura comece a diminuir para que nossa pele sinta os primeiros efeitos do inverno. Além dos lábios rachados por conta do frio, é comum que a cútis também fique mais ressecada e, em muitos casos, até descamada. Em ambientes úmidos e quentes, a pele em geral é mais lubrificada. Já em lugares secos ou frios, ela perde água em troca com o ambiente, ficando assim desidratada – afirmam os dermatologistas. Até hábitos da rotina, como aquele banho quentinho no final do dia, podem contribuir para a sensação de pele seca. Por isso, a primeira dica é: Nada de banho muito quente O recomendado é manter a temperatura morna e tomar banhos rápidos. Se você passa por uma chuveirada mais de uma vez ao dia, a dica é usar sabonete somente em áreas íntimas (como axilas e virilha) em um dos banhos. Não esqueça o hidratante Nos dias…
É fato que a maioria dos homens não vão ao médico e que existem muitas doenças que poderiam ser evitadas com acompanhamento de saúde ou higiene. Mas o que acontece na nossa sociedade que faz homens se distanciarem não apenas da sua saúde, mas de uma relação saudável com seu corpo? Confira abaixo 9 motivos que explicam o porque os homens não cuidam da saúde: 1- Conceito de masculinidadeA pesquisadora da Universidade de Connecticut, Mary Himmelstein, disse à BBC Brasil que homens evitam médicos por medo de serem vistos como fracos. Tudo porque nossas sociedades – tanto a brasileira quanto a americana – ligam as ideias de bravura e autossuficiência aos papéis masculinos. A pesquisa diz que quanto mais os homens se importam com padrões de masculinidade impostos culturalmente, mais evitam ir ao médico e minimizam problemas de saúde. “No caso dos homens, essas crenças contribuem para a ideia de…
Página 4 de 22