Notícias
Em qualquer salão de beleza deve existir a preocupação com a saúde do cliente e de seu funcionário, sendo favorável um ambiente claro e/ou bem iluminado, com ventilação adequada, piso de fácil limpeza e uso de luvas descartáveis em todos os procedimentos.
 
Listamos cinco dicas para você observar no salão:
 
1 – Esterilização: os salões de beleza devem ter as autoclaves, compartimentos responsáveis pela esterilização de objetos metálicos, como o alicate. Isso evita a transmissão de vírus e bactérias pelo instrumento.
 
2 – Lixa: tem a lixa comum de unha, tem a de polimento e a dos pés. Todas elas apresentam perigo à saúde se não forem individuais e descartáveis. O riso de contaminação é por fungo, que causa micose.
 
3 – Barba e depilação: a barba está na moda e salões especializados nela estão cada vez mais populares. Alguns detalhes também devem ser observados nesse caso: a lâmina da máquina de corte e a tesoura devem ser esterilizadas e a navalha é descartável.
 
4 – Maquiagem: kit de pincéis deve estar limpo, mas o ideal é levar o seu. Batom, delineador e máscara para cílios nunca devem ser compartilhados.
 
5 – Alergia: sempre testar tinturas e esmaltes antes de usar.
-
PLAMHUV - Saúde é o mais importante.
(31) 3891-1800 - www.plamhuv.com.br

Ter que levantar à noite para ir urinar pode ser um problema. Isso interrompe o ciclo do sono e acordamos mais cansados, o que, a longo prazo, vai tirar nossa qualidade de vida. 

Essa doença é chamada de “nictúria” e, embora seja frequente, sobretudo em pessoas mais velhas, também pode ser sofrida por pessoas mais jovens devido a problemas de saúde muito específicos.
Listamos algumas possíveis causas:

Insônia

É habitual que as pessoas que padeçam de insônia sintam a necessidade de ir várias vezes ao banheiro. Não é sintoma de nenhuma doença. Trata-se simplesmente da sensação de nos limpar um pouco e vamos ao  banheiro para nos relaxar. Não significa um problema serio e, como dizemos, é uma coisa muito característica nas pessoas que têm dificuldades para conciliar o sono.

Bexiga hiperativa

Esse tipo de patologia é muito habitual entre as mulheres de maior idade e, em geral, pode estar associada a diversas doenças como, por exemplo, uma simples cistite, diabetes tipo 2 ou, inclusive, é possível que se padeça de bexiga hiperativa depois de ter sofrido um derrame cerebral. Como dizemos, é uma patologia frequente em pessoas maiores e que deriva, por sua vez, de outras doenças.

Cistite

Padecer de uma cistite é mais habitual nas pessoas mais jovens e, em especial, nas mulheres. Há épocas em que, de repente, sentimos a urgência por ir ao banheiro com mais frequência e, quando urinamos, ou sentimos dor ou notamos a sensação de que não esvaziamos por completo a bexiga.

Para tratar uma cistite é necessário primeiro saber qual é a sua causa, que pode ser uma simples infecção derivada de alguma bactéria ou inclusive vir de algum problema renal. Será sempre seu médico quem irá diagnosticar o problema e oferecer o tratamento mais adequado para o seu caso.

Determinados remédios

É outro fator que você deve ter em conta. Há muitos remédios que estimulam a micção e que, por sua vez, nos produzem certa inflamação na bexiga ou alguma doença nos rins. Se seguir algum tratamento, nunca descuide dos efeitos secundários ou dos sintomas que eles possam provocar.  Frente a qualquer dúvida, consulte seu médico.

Diabete

A presença de glicose no sangue tem como consequência um aumento da urina, desidratação, suores e, sobretudo, nictúria. Nunca passe por cima desses sintomas, em especial levantar entre 3 e 6 vezes à noite for um hábito na sua vida. Não se descuide desse problema.

Ter bebido muito líquido ao longo do dia

Não tem maior importância e, sem dúvida, é algo muito específico. Há dias em que bebemos um pouco mais de água, de refrigerantes ou sucos, ou inclusive é possível que em alguma festa você tenha bebido um pouco mais de álcool. Tudo isso leva a que tenhamos que levantar mais vezes à noite para “evacuar” todo esse líquido.

Todos esses problemas tendem a ser mais frequentes em idades avançadas, apesar de haver casos em jovens, especialmente casos de bexiga hiperativa. Mas se o problema se tornar recorrente ou incômodo é recomendável procurar um especialista.
-
PLAMHUV - Saúde é o mais importante.
(31) 3891-1800 - www.plamhuv.com.br
 

Mais lidas

Filtro por data

« Janeiro 2018 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31