Notícias

Se você treina CrossFit, é profissional da área de educação física ou simplesmente se interessa por assuntos relacionados ao esporte, com certeza já deve ter encontrado o termo “mobilidade” no CrossFit e, como ela é importante para o desenvolvimento físico de qualquer pessoa.

O assunto está na moda, e naturalmente acaba surgindo várias informações erradas, sem nenhuma base cientifica e que apenas servem para confundir quem está atrás de informações realmente relevantes.

Pensando nisso, resolvemos explicar um pouco sobre o que é e por que o treino de mobilidade é tão importante.

O QUE É MOBILIDADE?

Podemos definir a mobilidade como a capacidade de se movimentar uma determinada área do corpo por uma grande amplitude de movimento.

Todas as partes do nosso corpo possuem um limite natural de movimento, que serve como um mecanismo contra lesões de nossas articulações, como calcanhares, pélvis, joelhos, ombros, etc.

Porém a prática esportiva inadequada, longos períodos na posição sentada ou atividades diárias inapropriadas podem ocasionar uma diminuição considerável nessa amplitude de movimento. A falta de mobilidade de uma articulação pode levar ao aumento do stress das articulações vizinhas, e consequentemente às lesões.

MOBILIDADE X FLEXIBILIDADE

Ao contrário da mobilidade, que é treinada a partir de movimentos voluntários, a flexibilidade é adquirida através de movimentos passivos e estáticos que não geram nenhuma força para a região trabalhada.

Uma abertura de pernas completa, por exemplo, não é sinônimo de alta mobilidade, uma vez que ela pode ocorrer por ações ou forças externas, como aparelhos específicos, ajuda de outra pessoa ou até mesmo da própria gravidade.

Ou seja, uma pessoa com ótima mobilidade não é necessariamente flexível, e ter flexibilidade não é a mesma coisa que ter mobilidade.

A MOBILIDADE NO CROSSFIT

Como no CrossFit existem uma variedade enorme de exercícios e variações de movimento, a mobilidade é considerada por muitos especialistas o principal requisito para execução correta das técnicas e prevenção de lesões.

Obviamente uma boa mobilidade no Crossfit não se consegue da noite pro dia. São necessários treinos específicos, com profissionais certificados e postura correta.

Em primeiro lugar, é preciso compreender que no CrossFit geralmente as pessoas vêm de um backgrounds totalmente distintos. Por isso, alguns praticantes podem ser mais flexíveis que os outros ou terem vícios dos treinos de academia, que priorizam muito pouco exercícios naturais e com alta amplitude de movimento.

Isso significa que a execução correta dos exercícios é fundamental para o desenvolvimento de força e mobilidade.

O treino de mobilidade consiste numa série de movimentos completos que visam desenvolver a força e flexibilidade do praticante, além de tendões e articulações mais fortes e resistentes às diferentes cargas de exercícios, seja na Box de CrossFit ou na vida cotidiana.

Lembrando que é muito importante treinar CrossFit com profissionais certificados, pois eles serão os responsáveis por te dizer quais exercícios devem ser executados, em qual intensidade e – principalmente – corrigir sua postura durante todo o processo.

Fonte: www.crossfithighpulse.com.b

Atleta do CrossFit Viçosa @pedropbmartins

Mais lidas

Filtro por data

« Fevereiro 2018 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28