Notícias
Itens filtrados por data: Maio 2017

O que você costuma fazer com os medicamentos que passaram do prazo de validade? Se a sua resposta foi “descartá-los no vaso sanitário”, “descartá-los no lixou comum” ou “descartá-los na pia”, fique atento! Todas as opções podem causar graves problemas sociais e ao meio ambiente, entre eles contaminar o solo e a água, dar margem para que moradores de rua ingiram inadvertidamente os medicamentos e intoxicar acidentalmente as pessoas que trabalham em aterros sanitários ou lixões.

Destino correto para os medicamentos

Cada município possui procedimentos específicos em relação ao destino dos resíduos de medicamentos e das embalagens, assim como dos objetos usados para ministrá-los. Geralmente ambos têm como destino final a incineração ou o depósito em aterros industriais. Para contribuir com o descarte correto dos medicamentos é necessário:

  • Informar-se nas farmácias se elas recebem sobras domésticas de medicamentos, embalagens e objetos perfurocortantes;
  • Informar-se sobre locais no município onde é possível realizar o descarte seguro, como hospitais e postos de saúde;
  • Descartar os medicamentos, embalagens e objetos relacionados apenas nas farmácias e demais locais oficiais identificados. 

 Cuidados com o armazenamento dos medicamentos

Conforme o Ministério da Saúde, medicamento é todo produto farmacêutico, tecnicamente obtido ou elaborado, com finalidade profilática, curativa, paliativa ou para fins de diagnóstico. Além do cuidado com o descarte correto, para garantir que eles sejam armazenados de forma adequada é preciso:

1- Ler as instruções da bula e da embalagem;

2- Não guardar os medicamentos em locais como banheiro, carro, cozinha ou próximo a produtos de limpeza;

3- Protegê-los da luz, umidade e calor;

4- Mantê-los na embalagem original e com a bula;

5- Não reutilizar frascos ou recipientes vazios de medicamentos.

 PLAMHUV - Saúde é o mais importante
(31) 3891-1800 - www.plamhuv.com.br

Publicado em Saúde e bem-estar
Segunda, 29 Maio 2017 13:42

DEPRESSÃO NA ADOLESCÊNCIA

A depressão, quando acomete adolescentes, repercute em suas vidas como um todo, seja na escola, em casa e com seus amigos e colegas. O grau com que isto acontece pode variar, assim como as consequências.
As manifestações da depressão incluem:

Distúrbios emocionais

  • Perda de autoestima; necessidade frequente de palavras reconfortantes e de confirmação para seus atos.
  • Tristeza, acompanhada ou não de crises de choro sem motivo aparente.
  • Autocrítica exagerada e sentimento de culpa, inclusive para eventos ocorridos no passado; sensibilidade exacerbada a situações consideradas como de rejeição.
  • Sensação de vazio.
  • Alterações de comportamento manifestadas por irritabilidade, impaciência e perda de interesse em atividades cotidianas, incluindo as prazerosas, tanto no círculo familiar, como entre os colegas e amigos.
  • Dificuldade de concentração e de memória.
  • Sentimento crescente de que a vida não vale a pena; visão pessimista e desoladora do futuro.
  • Morte como um tema de pensamento frequente; ideação suicida.

Comportamentos que devem chamar a atenção:

  • Insônia, ou sono excessivo.
  • Perda de apetite com emagrecimento, ou excesso de apetite e ganho de peso.
  • Sensação de cansaço e de falta de energia para atividades.
  • Queixas frequentes de dores de cabeça ou no corpo sem explicação aparente.
  • Lentidão no pensar, no falar e no agir.
  • Inquietude e agitação, com dificuldade de concentração.
  • Absenteísmo e queda do desempenho escolar.
  • Uso de álcool e/ou drogas.
  • Isolamento social.
  • Aparência descuidada, aspecto desleixado.
  • Comportamento agressivo, disruptivo ou de risco; ações teatrais, como se estivesse representando algo.
  • Autoagressão: cortes, queimaduras, piercing ou tatuagens excessivas.
  • Planos ou tentativas suicidas.

Quando procurar ajuda

Os limites entre saúde e doença são tênues. O que é apenas um comportamento inadequado e o que passou deste ponto e é manifestação da doença depressiva, é delicado e pode ter consequências que passam pela omissão, chegando até a ações e rotulagens muitas vezes inadequadas e inconvenientes.

Pais, familiares, professores, amigos, ou outras pessoas que são próximas ao adolescente devem conversar com o jovem quando comportamentos e/ou sentimentos considerados não usuais começam a aparecer. O diálogo terá como objetivo a distinção entre saber se o que está acontecendo é algo manejável pelo jovem e pelas pessoas que lhe são próximas, ou se já chegou o momento de procurar por pessoas e/ou instituições especializadas. Caso sejam percebidas repercussões na vida pessoal, acadêmica, familiar ou social, um profissional de saúde mental, psicólogo ou psiquiatra, devem ser consultados. É importante enfatizar que a percepção da gravidade do problema e a busca por ajuda pode partir do próprio adolescente.

Quando a ajuda é urgente

Ideação ou tentativa de suicídio devem levar à busca de auxílio imediato. Comentários não devem ser ignorados, mas sempre seguidos rapidamente por ações que incluam:

  • Contato com telefones e/ou redes sociais de apoio a suicidas;
  • Busca por profissionais de saúde, médicos, psicólogos, por telefone, diretamente nos consultórios, ou nos serviços de urgência;
  • Auxílio de amigos e familiares;
  • Apoio de líderes religiosos ou espirituais aos quais o jovem esteja ligado de alguma forma.

Cuidados devem ser tomados para não deixar o jovem sozinho nestes momentos.

Causas de depressão

Embora não completamente elucidadas, algumas das causas e fatores de risco incluem:

  • Distúrbios metabólicos incluindo aqueles envolvendo neurotransmissores e hormônios.
  • Problemas emocionais ou físicos em algum momento da vida; assédios; problemas familiares envolvendo ou não mortes, perdas e separações.
  • História familiar de depressão.
  • Aparecimento de padrões negativos de pensamento.
  • Condições de saúde, incluindo doenças crônicas, obesidade, deficiência física.
  • Dificuldades escolares, ligadas ao desempenho escolar, ou ao ambiente social com amigos e colegas.
  • Bullying; abusos sexuais.
  • Transtornos da atenção e hiperatividade, bulimia, anorexia nervosa, traços depressivos de personalidade e outras entidades psicológicas ou psiquiátricas.
  • Abuso ou dependência de drogas.
  • Transtornos relacionados à sexualidade.

Consequências

Depressão não tratada leva a sofrimento e a problemas comportamentais que podem ter consequências graves como:

  • Conflitos sociais e familiares;
  • Mal desempenho acadêmico;
  • Abuso de álcool e drogas;
  • Problemas de ordem judicial;
  • Suicídio.

-

PLAMHUV - Saúde é o mais importante
(31) 3891-1800 - www.plamhuv.com.br

Publicado em Saúde e bem-estar

Para fazer o autoexame da mama é necessário seguir três passos principais que incluem fazer observação em frente ao espelho, palpar a mama de pé e repetir a palpação deitada.

O autoexame da mama deve ser feito uma vez por mês, todos os meses, 3 a 5 dias após o aparecimento da menstruação ou em uma data fixa nas mulheres que já não têm menstruação.

Todas as mulheres após os 20 anos, com caso de câncer na família, ou com mais de 40 anos, sem caso de câncer na família, devem realizar o auto exame da mama para prevenir e diagnosticar precocemente o câncer de mama.

Passo-a-passo para fazer o autoexame da mama

Para fazer corretamente o autoexame da mama é importante fazer a avaliação em frente ao espelho, em pé e deitada, seguindo os seguintes passos:

1. Como fazer a observação em frente ao espelho

Para se fazer a observação em frente ao espelho deve-se ficar retirar toda a roupa e observar seguindo o seguinte esquema:

  1. Primeiro, observar com os braços caídos;
  2. Depois, levantar os braços e observar as mamas;
  3. Por fim, é aconselhado colocar as mãos apoiadas na bacia, fazendo pressão para observar se existe alguma alteração na superfície da mama.

Durante a observação é importante avaliar o tamanho, forma e cor das mamas, assim como inchaços, abaixamentos, saliências ou rugosidades. Caso existam alterações que não estavam presentes no exame anterior ou existam diferenças entre as mamas é recomendado consultar o ginecologista.

2. Como fazer a palpação de pé

A palpação de pé deve ser feita durante o banho com o corpo molhado e as mãos ensaboadas. Para isso deve-se:

  1. Levantar o braço esquerdo, colocando a mão atrás da cabeça como mostra a imagem 4;
  2. Palpar cuidadosamente a mama esquerda com a mão direita usando os movimentos da imagem 5;
  3. Repetir estes passos para a mama do lado direito.

A palpação deve ser feita com os dedos da mão juntos e esticados em movimentos circulares em toda a mama e de cima para baixo. Depois da palpação da mama, deve-se também pressionar os mamilos suavemente para observar se existe a saída de qualquer líquido.

3. Como fazer a palpação deitada

Para se fazer a palpação deitada deve-se:

  1. Deitar e colocar o braço esquerdo na nuca, como mostra a imagem 4;
  2. Colocar uma almofada ou toalha debaixo do ombro esquerdo para ser mais confortável;
  3. Palpar a mama esquerda com a mão direita, como mostra a imagem 5.

Estes passos devem ser repetidos na mama direita para terminar a avaliação das duas mamas. Caso seja possível sentir alterações que não estavam presentes no exame anterior é recomendado consultar o ginecologista para fazer exames diagnóstico e identificar o problema.

-

PLAMHUV - Saúde é o mais importante
(31) 3891-1800 - www.plamhuv.com.br

 

Publicado em Saúde e bem-estar

As nossas linhas telefônicas se encontram com problemas técnicos, mas estamos realizando atendimentos nos seguintes números:
CTA: (31) 98407-7708
Financeiro: (31) 98408-9578
Atendimento: (31) 98409-2505
Vendas: (31) 98404-9841
Esses contatos possuem também o Whatsapp!

Publicado em Noticias

Profissionais que trabalham sentados, muitas vezes se expõem a problemas, entre eles posturas inadequadas a sedentarismo. Esses maus hábitos podem prejudicar seriamente sua saúde mental e física, não só no ambiente de trabalho, mas em qualquer outro local. Nem sempre é uma missão fácil, pois o tempo é escasso e o volume de trabalho normalmente é grande. Mas, algumas ações podem ajudar estes profissionais a prevenir o cansaço e a falta de concentração, proporcionando bom humor e serenidade, além de tornar o trabalho mais produtivo e agradável com corpos e mentes dispostos.

Confira quais são os 10 hábitos que vão fazer toda a diferença na sua saúde física e mental, principalmente, no local de trabalho:

  • Comece seu dia bem. Levante da cama com cuidado, de lado e apoiando as mãos na cama para não forçar a coluna. Então siga outras dicas no ambiente de trabalho em si.
  • Alongue-se: levante-se da cadeira, mexa-se e alongue braços, pescoço e mãos para aliviar as tensões.
  • Cuide da alimentação: se você sente muito sono ou preguiça após o almoço, o ideal é equilibrar as refeições. Isso porque a circulação se dirige mais ao aparelho digestivo, o restante do organismo fica mais lento e o excesso de comida pode aumentar este efeito.
  • Mexa-se: opte pelas as escadas em vez do elevador.  Se o seu local de trabalho for muito distante do térreo, vá de elevador até um determinado andar e siga o restante a pé. Essa atitude também ajuda na queima de calorias.
  • Postura ereta: você deve ficar posicionado na cadeira de maneira que os ossos do quadril (os ísquios) fiquem bem rentes ao encosto da cadeira, os pés apoiados firmes no chão e, se caso seus pés não alcançarem o chão, apoie os pés em um banquinho pequeno, colaborando para a coluna lombar não ficar sobrecarregada;
  • Mãos e punhos: a altura da mesa e da cadeira está certa quando os antebraços ficam apoiados sobre a mesa ou o teclado, sem ficarem encolhidos ou distantes.
  • Tela do monitor é outro objeto que deve ficar na altura dos olhos, sem que seja necessário abaixar ou levantar o pescoço. Essa medida auxilia contrações e dores na cervical e maxilar. Prefira entre 40 e 70 centímetros, muito perto pode causar problemas à visão.
  • Pausas: procure fazer pequenas pausas durante o dia. A cada 50 minutos trabalhados, experimente descansar 10. Nesse intervalo, aproveite para levantar, caminhar, beber água, esticar as pernas ou fazer alongamentos.
  • Evite cruzar as pernas, para que não prejudique sua circulação sanguínea.
  • Sente-se sempre sobre os ísquios (os ossinhos do bumbum) assim, ajuda a manter a coluna mais ereta.

-

PLAMHUV - Saúde é o mais importante
(31) 3891-1800 - www.plamhuv.com.br

Publicado em Saúde e bem-estar

O teste caseiro de gravidez que se compra na farmácia é confiável, desde que seja afeito apenas após o atraso menstrual, pois quando feito antes pode dar um resultado negativo que não está correto. Bons exemplos de testes considerados de confiança são o Confirme e o Clear Blue, que podem ser comprados em farmácias e drogarias.

Os testes de farmácia medem a quantidade de hormônio beta HCG na urina, que só é produzido quando a mulher está grávida. Assim, esses testes são de confiança e fáceis de fazer, mas podem dar errado quando é feito muito cedo e a quantidade de hormônio na urina ainda é muito pequeno.

Quando fazer

Este teste de gravidez pode ser feito a partir do 1º dia do atraso menstrual. No entanto, se o resultado do primeiro teste for negativo e a menstruação ainda estiver atrasada ou se existirem sintomas de gravidez como leve corrimento vaginal cor de rosa e mamas doloridas, o teste deve ser repetido em 3 ou 5 dias, quando os níveis do hormônio beta HCG estão maiores e mais fáceis de serem detectados.

Como fazer

Para fazer o teste de gravidez que se compra na farmácia, deve-se urinar na fita da urina ou urinar em um copo ou recipiente limpo, colocando em seguida a fita do teste em contato com a urina por alguns segundos, retirando em seguida. O resultado geralmente aparece entre 1 e 5 minutos depois.

Preferencialmente deve-se utilizar a urina da manhã porque esta é a mais concentrada e contém uma maior quantidade de hormônios, mas normalmente o resultado  também é confiável ao se usar qualquer urina do dia.

Resultados

Os resultados do teste de caseiro de gravidez podem ser:       

Duas riscas: resultado positivo, indicando a confirmação da gravidez;

Uma risca: resultado negativo, indicando que não há gravidez ou que ainda é muito cedo para ela que seja detectada;

Falso negativo: apesar do resultado ser aparentemente negativo, quando um novo teste é feito após 5 dias, o resultado se mostra positivo.

Resultado de um teste caseiro de gravidez
Resultado de um teste caseiro de gravidez

Nos casos em que o teste traz resultado negativo mesmo após ser refeito e a menstruação continuar atrasada, deve-se marcar uma consulta com ginecologista para verificar a causa do problema e iniciar o tratamento. Existem outros testes caseiros de gravidez que são conhecidos popularmente utilizam agulha, pasta de dente, cloro e água sanitária, no entanto nenhum deles é confiável e por isso não são indicados.

Para garantir o resultado, a melhor escolha para confirmar a gravidez é o exame de sangue feito em laboratório, porque ele avalia a quantidade de ?beta-HCG no sangue, possibilitando a confirmação da gravidez antes mesmo que a menstruação atrase. Em caso de suspeita, também deve-se observar o surgimento de sintomas como aumento da sensibilidade das mamas e leve cólica abdominal, pois são sinais de gravidez.

Se seu resultado foi positivo, parabéns!

PLAMHUV - Saúde é o mais importante
(31) 3891-1800 - www.plamhuv.com.br

Publicado em Saúde e bem-estar
Terça, 02 Maio 2017 13:18

Reajuste de Planos Coletivos - 2017

Em cumprimento a Resolução Normativa nº 309 da Agência Nacional de Saúde Suplementar - ANS,
o PLAMHUV divulga a tabela de Reajuste dos Planos Coletivos tendo o percentual de reajuste de 9,80%.
Faça o download em anexo. 

Dúvidas ou consultas de reajuste através da central de atendimento do Plamhuv:

Rua Dr. Milton Bandeira, 34/Lj10, Viçosa-MG
31 3891-1800

 

Publicado em Noticias
Terça, 02 Maio 2017 12:41

TOP 10 - PRESENTES PARA A MAMÃE!

Presentear é uma ótima maneira de demonstrar amor e carinho por aqueles que realmente fazem a diferença em nossas vidas. Confira a seguir o TOP 10 de dicas de presentes para você pode dar no Dia das Mães. Ela vai adorar!

  • Roupas e acessórios – Toda mulher gosta de estar sempre muito bem vestida. As roupas mais modernas, largas e confortáveis  são as melhores opções de presente pro verão.
  • Sapatos – Os sapatos são os melhores amigos de uma mulher. Se a sua mãe é mais uma amante de sapatos, procure conhecer quais modelos e marcas ela mais gosta e leve-a para as compras!
  • Acessórios – Para garantir mais estilo e conforto para quem você mais ama, os acessórios são uma ótima ideia. Presenteie a sua mãe com colares, pulseiras, brincos ou escolha uma bolsa que combine com o estilo dela.
  • Produtos para a casa – Como boas donas de casa, a maioria das mães adoram receber móveis, artigos de decoração, tapetes e vários outros itens para o lar. Tenha uma boa conversa com ela e descubra quais tipos e modelos de móveis ela prefere para modificar a decoração do ambiente.
  • Roupas de cama, mesa e banho – Para uma mãe, não há nada mais prazeroso que ver um quarto bem arrumado e bonito. Os conjuntos de cama, toalhas de mesa para a cozinha e um jogo de toalha novos, sem dúvida são alguns dos melhores presentes.
  • Livros – Para aqueles que possuem mamães que prezam a cultura, os livros são uma ótima escolha. Para isso, procure por best sellers para não errar em sua escolha.
  • Artigos eletrônicos – Os artigos eletrônicos estão na moda e são ideias para as mamães modernas.
  • Eletrodomésticos – Toda mãe gosta de ter uma cozinha equipada com os melhores eletrodomésticos. Além de serem uma ótima opção de presentes, eles vão garantir utilidade por muito tempo.
  • Passeios e viagens – Nem só de bens materiais são feitos os presentes. Uma belíssima viagem vai proporcionar para a sua mãe o descanso que ela tanto merece.
  • Flores e chocolate – Não há mulher que resista à famosa combinação de chocolate junto com um belíssimo buquê de rosas. Embora possa parecer clichê, essa ainda é uma das melhores maneiras de demonstrar todo o amor e carinho que a sua mãe merece.

Importante! Escolha um presente que seja útil e que realmente seja do gosto dela.

Onde comprar os presentes??

Para quem deseja dar aquele presentão para a mamãe, a internet está recheada de ótimas opções que vão desde roupas até acessórios e artigos de decoração. Com um pouco de boa administração, criatividade e bom gosto, é possível adquirir ótimos produtos pelos menores preços. 

Mas, não importa qual vai ser o seu presente, lembre-se sempre, que a mamãe espera nesse dia tão especial, muitos beijos, abraços, carinho e declarações de amor! Afinal, elas merecem tudo isso e muito mais. 

PLAMHUV - Saúde é o mais importante
(31) 3891-1800 - www.plamhuv.com.br

Publicado em Noticias

Mais lidas

Filtro por data

« Maio 2017 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31